quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Debutando...

... na máquina de costura, quase de brinquedo, perfeitamente de acordo com a total inexperiência com a ferramenta. Manual lido e relido perdi a conta das vezes (Ana Sinhana e Mara Porto, não imaginam o quanto pensei em vocês, mestras nesse ofício, tentando passar a linha naquele vaivém), desafio dos grandes para quem desde criança tem um certo pânico da "criatura". Aos meus olhos de menina, a velocidade da agulha e o pano passando por ela no mesmo ritmo acelerado não deixavam dúvida: nunca seria capaz de dominar e domar a companheira da habilidosa tia costureira e da mãe também craque em confeccionar roupas de cama. Na adolescência, o atrevimento da idade até me levou a algumas empreitadas sentada na frente da máquina antiga, cheia de ideias para "modelitos" customizados. Frustração em todas elas. A linha embolava embaixo, arrebentava, terminava antes de terminar o percurso... Desisti. E para quem já circulou por tantas técnicas, passando pelas toalhas grandes de crochê do enxoval, a todos os blusões tricotados para a família numa época em que comprar peças de lã industrializadas eram um luxo nem cogitado... E para quem pinta e borda (mais ou menos), a inabilidade com a costura é uma tristezinha daquelas que volta e meia dá as caras, mais ainda quando o projeto emperra na busca por uma costureira que entenda a proposta (e quase sempre elas não entendem). Então veio a decisão de dar mais uma chance a essa relação. Por enquanto, a tão sonhada autonomia para ziguezaguear em ideias costuradas alimenta a persistência. E como o modelo é mini, para uma minicostureira, e anda em minipassos, tenho fé que dessa vez, com expectativas menores e paciência crescida com a maturidade, vamos criar um vínculo sadio. Da minha parte, estou caída de amores por ela desde que saiu da caixa, como presente atrasado do Dia das Crianças.

De passinho em passinho, a parceria vai se firmando, agilizando o nascimento das criaturinhas que provisoriamente moram nesta caixa.

E como um suspense sempre tempera melhor as histórias, fica para o próximo o post o "retrato" dessa família que tem me feito muita boa companhia...

Debutando também em venda online, na lojinha da Quitanda.

Será uma alegria recebê-los por lá.

E debutando em selinhos. Obrigada, Fabiano, do Blog do Luar Encantado

15 comentários:

Fernanda de Oliveira disse...

Oi Rosana, comprei uma maquininha dessas há pouco tempo e estou amando! Também sou novatérrima na arte da costura, aliás, nem sabia colocar a linha na agulha, mas achei o manual super bem explicadinho e também com a ajuda das amigas blogueiras, os PAPs que elas disponibilizam, os videos do youtube, até que tô me saindo bem... tô adorando!

Faz um tempinho que te sigo, mas acho que nunca ti vi lá na minha casinha... venha me fazer uma visitinha qualquer hora dessas, vou adorar!

Beijinho,

Fernanda =)

ana sinhana disse...

Oi Rosana! Pra perder o medo e domar a bichinha, só respirando fundo e mandando ver mesmo.
Juro que não tem segredo, embora a gente se frustre um pouco no começo com as embolações de linha e outras dificuldades, logo vc vê que o bicho não é de sete cabeças. Mas o prazer que dá ver as primeiras costuras prontas é maior!
E vc tem a vantagem de ter começado com uma maquininha super boa!
Se precisar de ajuda, me chama!
beijo,
Ana

Laély disse...

Rosana, aquela frase célebre:
"Você tem a altura dos seus sonhos!"
A maquininha é mini, mas o que sonha fazer com ela, não caberia num post!
Boa sorte na empreitada.
Qualquer hora, resolvo perder o medo da minha...

Laély disse...

Passando aqui, para uma consultinha rápida, nada a ver:
Rosana, você acha que tinta vitral serviria para pintar um castiçal de cerâmica?

rosana sperotto disse...

Fernanda, seguidora querida, valeu a dica dos vídeos, vou atrás. Preciso de todas as ferramentas para ir ganhando segurança com o brinquedo novo. Conheço tua casinha sim, faltou comentar, logo deixo recadinho por lá. Beijinho pra ti também

Ana, agora fiquei mais entusiasmada e aliviada com teu aval da máquina. Comprei só na intuição, sem conhecer nada das marcas. Obrigada pela força e disponibilidade. Vou te contando os progressos, tá? Beijo

rosana sperotto disse...

Laély, fiquei pensando que quem doma uma furadeira e até uma serra, tira de letra a máquina de costura. Sabe as tuas bandeirolas hoje, é o tipo do trabalho adequado à "potência" da mini. Tudo a 5km/h, é pra gente resolver o fantasma mesmo.
Quanto à tinta, se a cerâmica não é muito porosa podes usar sim. Muitos pratos pintei com o verniz. Agora estou usando a Decorfix para cerâmica, porcelana..., porque permite uso da peça e lavagem e dá um acabamento bonito com um pouco de relevo. Qualquer dúvida, mande sinais de fumaça! Beijo grande

Poderosa Ponto Com disse...

Oi querida....
Parabéns pelo seu brinquedinho do dia das crianças e não é que parece mesmo um brinquedo?
Ah o que pode essa pequenina!
Debutou em grande estilo, hein?Pequena e poderosa essa máquina.
Descobrí que temos mais uma coisa em comum: lemos manuais de instrução...rsrsr
Então agora voce enveredeu pra mais uma modalidade artística?
Acho costura uma arte muito parecida com arquitetura.... só mudam os materiais.
Beijos e boa sorte....

rosana sperotto disse...

Ísis, ainda não tive tempo para curtir muito meu brinquedo novo, mas virou mesmo um xodó. Vamos ver como nos comportamos daqui pra frente, depois que a paixão terminar (rsrs). E o manual, só li pela total falta de entendimento, costumo ir experimentando os aparelhosfeito barata tonta e acabo perdendo muito mais tempo... Um ótimo finde! Beijo

Susi disse...

Rosana, boas novas por aqui,maquina,loja virtual, mil projetos..
Acho que vou desenpacotar a minha maquininha, voces estao me contagiando.
um beijo querida.

Rosi disse...

Boa sorte na nova arte, hj minha mãe ainda comentou, Rosi tu não sabe costurar, claro ela nunca deixou eu mexer nas máquinas...rsrrs ela já teve confecção e vários cursos de corte e costura, quem sabe agora ela deixe eu mexer na máquina q tá na casa de praia, disse q ia trazer p cá...Boas costuradas e treine bastante q daqui a pouco vc ja ta fazendo uma roupa p vc....bjs

Rosi disse...

Que bom q vc passou por lá, essas borboletas são seres divino p mim. Brigadinho pela visita, aparece sempre p tomar um cafezinho.

Regiane disse...

Oie!
Encantadoras suas ideias e criações...
Quando puder apareça pra uma visista!
Bjs
Regiane

Tamy disse...

menina, to doida para comprar essa maquina... mas já ouvi dizer que ela não dá conta de fazer muita coisa e que tem uma peça que solta o tempo todo... será que vc poderia me dar a sua opiniao??? grata

Luciana Casado disse...

Oi Rosana!! Vim aqui conferir e adorei o teu post! Eu tb não tenho intimidade nenhuma, na real minha mãe nem gosta de costurar, mas meu avó foi alfaiata, então talvez corra nas veias um amor pela costura, vamos ver! hehehehe
Bjus, Lu

O mundo da Dani disse...

ameiiii teu blog, to morando em sao leopoldo e comprei uma maquina dessas, deve ta chegando pelo correio ate terça.;... to ansiosa com mais essa invenção q botei na cabeça..rsrs

bjusssss