sábado, 17 de dezembro de 2011

Docinhos e fogãozinho de mentirinha, passeio de verdade

Desde o momento que vi os cupcakes natalinos de faz-de-conta da Mari, aqui na Casa com Retalhos, fui fulminada por aquela impressão de que nada poderia dali pra frente me fazer suspirar tanto e que eles seriam eleitos como a coisa mais fofa do Natal 2011. Sonhei com a ideia de fazer minha própria fornada, mas hoje, quando chegou a hora de botar a mão na massa e sentei para a preparação, logo descobri que teria que adaptar a ideia, como já é de praxe por aqui. Faltava o material adequado, mas nada me demoveria da intenção de fazer ao menos alguns bolinhos para adoçar o pinheiro. Reuni sobre a mesa as forminhas de papel e as bolinhas que sobraram de outras invenções e logo visualizei uma alternativa: ao invés de cupcakes, faria pequenos docinhos. Uma pena não ter forminhas brancas, mas as azuis quebraram o galho. Retirei o suporte de pendurar das bolinhas e colei nas forminhas com cola quente. Em seguida, "confeitei" cada docinho com "glacê" (cola dimensional branca) e coloquei uma "cerejinha" (miçanga, cuidando para deixar os furinhos livres da cola para depois passar um fio de linha e amarrar no pinheiro).

A remessa de gostosuras aguarda secagem para colorirem a árvore verdinha (de verdade) de Natal que vai sendo montada devagar. Prefiro assim: a cada dia brincar um pouco enquanto surgem novas possibilidades para cobri-la de graça.
Não são apetitosos? Ainda bem que nessa casa só circulam adultos e "quase pré-adolescente" , como se define o sobrinho Bruno. As crianças, acredito, não resistiriam. Mas acreditem: a menina que mora espaçosamente em mim também julgou que não resistiria a outro sonho inesquecível desse Natal. Ei-lo:
O fogãozinho, uma réplica perfeita, que funciona!, foi construído por um antigo funcionário de uma empresa de fogões a lenha, morador de Curitiba, que tem hoje 95 anos - me contou Gládis, a simpática, criativa e talentosa confeiteira, proprietária da Padaria e Confeitaria Michel und Hansen Marichen, em Morro Reuter (RS), onde a belezura está exposta em lugar de honra.- Ei, Papai Noel, quero taaaanto um pra mim! - tive vontade de clamar na frente do mimosice, conforme abria as portinhas e descobria as forminhas de bolo no forno. Enquanto isso, lá fora, um presente muito, muito maior enchia meu coração de alegria.
Levar a mãe pra passear depois de muitos meses recolhida, recuperando-se do AVC e complicações, e vê-la curtindo o passeio, faceira, é bênção que minhas palavras não alcançam explicar, só agradecer. Talvez o Natal tenha se antecipado, e neste sábado o comemoramos com o café fresquinho e os salgados tenros da doce Gládis, no pé da serra que tanto nutre minhas melhores lembranças.

Para fechar o dia tão especial, minhas feituras natalinas estão hoje numa das vitrines virtuais que mais admiro, o BananaCraft. Obrigada, Dani!

Obrigada também a todos que passam por aqui pela boa companhia nessa trilha de Natal. Amanhã (hoje) haverá de ter mais. Amém.

15 comentários:

Beth disse...

Amiga, irmã amada!
Como é bom poder alegrar-se com a alegria da amiga. Rosana, ver tua mãe fora de casa, aproveitando os últimos dias da primavera e pronta para o verão é algo indescritível (embora ainda não a conheça). Quem sabe no próximo Natal possamos brincar de "casinha" natalina uma vendo de perto a casa da outra!
Ainda não sei como será meu Natal esse ano, se aqui, se ali ou lá... mas sei que estou saudável e é o que importa. Lindos os docinhos, comi dois com os olhos!
Beijos e ótimo domingo.
Beth.

Tina disse...

Nossa faz tempo q não apareço por aqui. Esse ano passou voando... E volta com esse post maravilhoso. Um sonho msm esse fogãozinho. Que maravilha ver a vó Lili curtindo o passeio. Bjs

c r i s disse...

Ai Rosana, você sempre abre essa portinha de encantamento em mim...é assim mesmo que me sinto, encantada! Não é a toa que esse fogãozinho te pegou pelo pé, mas creio que o passeio foi o que pegou pela alma! Que alegria, hein amiga? Tô aqui suspirando pelos docinhos e já imagino tua árvore encantada...já tô mais inspirada! Bjim:}

SuAssessoria disse...

Amiga que encanta a alma, o coração, os olhos. E nesse compartilhar de alegrias, fico feliz em conhecer assim tua mãe - e no rosto dele vejo tua meiguice - vivenciando o melhor que uma filha pode proporcionar. Saúde, o melhor de todos os presentes em qualquer época do ano e nesta ainda mais. Beijos, Preta. E mais um Natal nossas almas se entrelaçam e seguem neste caminho de luz.

Ivani disse...

Nem sei por onde comecar!
Pela mãe! Rosana que alegria ver sua mãe ali, com essa aparência saudável, linda. É uma bencao mesmo, tem que agradecer muito.
Seus docinhos ficaram muito atraentes, fico imaginando que lindos ficarao na árvore.
Agora...o fogaozinho me pegou!
Tive um igualzinho, só que em tamanho normal.
Tinha canecas e bule de ágata em cima, era esmaltado com florzinhas também.
Mora lá no fundinho de minha saudade mais gostosa, de um sitio que foi meu.
Sinto o cheiro da lenha queimando, o sabor do pao amanhecido esquentando na chapa, com manteiga.
Ah! Rosana, arruma uns fogoezinhos desses pra gente!
Amiga, obrigada pelo delicioso comentario que deixou la no blog.
bom mesmo é ter voce como amiga, um grande beijo.

Juliana disse...

Também não sei por onde começar...
Pelo começo!
Os docinhos ficaram uma doçura...rsrs
Mas eu pirei com o fogãozinho...o que é isso???? Meu lado menininha aflorou e deu uma vontade de brincar de casinha...amei!
E quanto a mãe...que linda curtindo o passeio...Que presente!
Parabéns!
Ah...deixa eu me identificar, pois não tenho blog. Sou xereta mesmo.
Sou filha da Ivani, do Samambaia, e sempre que posso visito o seu blog e gosto muito da maneira como escreve... Beijos

Jô Bibas disse...

Rosana, achei adoráveis os cupcakes natalinos. Mas o fogãozinho... Ainda por cima feito por um conterrâneo... É demais! principalmente porque me lembrou de um que meu avo fez para mim, bem mais tosco mas muito amado e usado por muitos anos da minha infância.
Boa semana,

msgteresa disse...

Querida Rosana!
Sabes que sempre fico encantada quando chego até aqui e vejo tuas idéias florescendo em iluminadas criações! E estes teus "docinhos" então? Pura "mágica" das tuas mãos! Parecem tão verdadeiros e ao mesmo tempo com aquele jeitinho de sonho! Já estou daqui imaginando quando vierem os "bolos e tortas"...(Rs...) Que beleza,minha amiga!
E o que falar deste "fogãozinho" maravilhoso , que encanta as nossas almas de criança? Também lembrei-me (como a querida Jô) de um fogãozinho amado da minha infância...Impossível a gente não se encantar e emocionar!
Mas a emoção e alegria maior do post de hoje, fica, realmente, na imagem doce e tranquila da tua mãe... Uma benção natalina de verdade!
E aproveito pra enviar os meus desejos de um fim de ano com muita paz,amor,saúde e genuíno encantamento pra ti e a tua linda família!
Beijo grande da amiga carioca de sempre!!!!
Teresa

Rosana Remor disse...

MINHA LINDA!ESTOU TÃO EMOCIONADA AO VER SUA MÃE TÃO BEM,TÃO FELIZ!QUE ALEGRIA!!DEUS ABENÇOE VOCÊS!
OS DOCINHOS...SEM PALAVRAS, COISAS MAIS FOFAS!!E O FOGÃOZINHO...LEMBREI DE UM QUE TIVE QUANDO CRIANÇA,ERA DE FERRO,PINTADO DE BRANCO,UMA LINDEZA!QUERIDA,FIQUE COM DEUS!BJS,BJS.

Solange Fernandes disse...

Ficaram lindas as bolinhas que viraram docinhos.O fogão é um sonho, mas a realidade é melhor, sua mãe na mesa, não tem preço...
Feliz natal,e que o ano novo seja repleto de surpresas boas.Bjs

Tuty - Arte&Mimos - Thiara Ney disse...

Adorei os docinhos. O problema é só a criançada querer comer, né? Hehehehe.
Bjos!

Doce Carlotta disse...

Amei ver sua mãe tão bem!!!!
Que benção...tudo de bom para vcs!!!!
Bjjos.....

Kandis Design disse...

Que lindos Rosana! Ficaram tão reais que dá até vontade de comer. Muito bonitos seus trabalhos. :)

Fernanda Reali disse...

Lindos docinhos, ótimas notícias! Que bom que tua mae se recupreou bem, que bom que apreceu Ana para cuidar bem dela, te ajudando!

Amei também os gnomos na porta, muito mesmo!!!!

Rosana, estive em Porto Alegre, mas nem fiz contato, pois foi uma correria, ficamso 3 dias e meio!!!

Feliz ano novo, com saúde e muita divers!ao!


BEIJOOOOOOOO

JR DOIS IRMAOS disse...

QUERIDA ROSANA, AQUI E CLADIS HANSEN DO CAFE E CONFEITARIA MICHEL UND HANSEN MARICHEN DE MORRO REUTER.
FIQUEI MUITO FELIZ EM RECEBER A TI E SUA MAE QUE SE RECUPERA DE UMA ENFERMIDADE. QUANTO AO FOGAO, AS REACOES SAO QUASE SEMPRE AS MESMAS. AS PESSOAS LEMBRAM DO QUE DEIXARAM PARA TRAZ. O TEMPO E IMPLACAVEL COM TODOS. CRIAMOS UM AMBIENTE PARA QUE AS PESSOAS SE SENTISSEM COMO SE ESTIVESSEM EM CASA CERCADOS DOS SEUS. GOSTARIAMOS DE DAR UMA ATENCAO MAIOR MAS INFELISMENTE NAO E POSSIVEL.
EM NOSSO BLOG
CAFEECONFEITARIADOMORRO.BLOGSPOT.COM CONTAMOS UM POUCO DA NOSSA HISTORIA COM FOTOS DE BOA PARTE DE NOSSA TRAJETORIA.
GRANDE BEIJO A TI E SUA MAE E QUE SUA RECUPERACAO SEJA CONTINUA.

CLADIS HANSEN