quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

E 2011 foi dormir assim...

Atrasadíssima, ainda assim quero honrar o ano velho com imagens da nossa despedida de 2011 e boas-vindas a 2012. Apesar de todas as dificuldades que nele vivenciamos, seria injusto deixar de registrar a luz que, graças ao universo, se fez soberana. Mesmo em dias rodados em preto e branco, fica a gratidão pelas frestinhas de cor que nos salvaram da amargura. Bibi, nosso eterno bebê de quatro patas, é o retrato dessas ternuras que nos nutrem nesses tempos que exigem força e coragem. Amigos de coração iluminado de afeto são outro grande motivo para agradecer. Os que nos acompanharam até os últimos minutinhos do ano trouxeram ainda lichias do seu quintal, saborosas e lindas!
Entre os sustos do ano, teve também belas surpresas. Representando vocês, queridos e pacientes leitores daqui, com quem às vezes estranhamente sonho, como se nos conhecêssemos ao vivo, vesti a mesa da virada com a toalha e acessórios que me trouxeram muito mais que um prêmio, mas mais uma amiga querida para perto. Bela, finalmente teu trabalho tão único estreou, e em noite de gala! (rs) Na noite abençoadamente fresquinha, o fogo do entusiasmo do filho pela boa comida contagiou a todos. Presente sem igual conviver com apaixonados por suas boas causas, não é VERO? Salve a tradição, as superstições! - pensei ao ver o peixe tenro saindo do forno. Se nos ajudará a "nadar pra frente" em 2012, pouco importa, mas que troco de bom grado o peru "que cisca pra trás" do Natal por um pescado preparado no capricho, ah... não penso duas vezes.


Já era outro ano quando aterrisamos na mesa de doces. Frutas em muitas versões na torta de manga, combinadas com massa folhada e pistaches caramelizados, com a qual o chef recepcionou 2012. Uma festa para nossos olhos, um brinde compartilhado à fartura da vida com muitos gemidos a cada colherada.


A mãe do "artista" ousou partilhar do mesmo momento com seu modesto, mas robusto, pudim de sorvete. Para fazer bonito, abusei das amoras, e mesmo bem longe de querer competir, também arranquei aplausos da plateia (rs). Quer experimentar? A receita está aqui.
Que a exemplo da glocínia, primeiro mimo do meu jardim nesse janeiro castigado pela seca, a vida renasça com fé...... pela lente do amor, de olho bem lá no fundinho, onde mora o mais bonito de nós. Amém.

7 comentários:

Mari disse...

Oi Rosana,
Atrasada? Não... momentos como esses que você, poeticamente, descreve são atemporais.
Que seu 2012 seja de muita saúde e paz! Grande beijo. Mari

Elisa Mendel disse...

Oi Rosana, adorei o teu blog!
Me apaixonei pelo adesivo de gato e claro, pelo felino passando por ali.
Sim, as árvores de natal lá em casa eram enormes e lindas, montadas pelo pai com a nossa participação entusiástica, deste a compra e corte da árvore... bjo

Fabiano Mayrink disse...

Oi Rosana! que delicia de ceia teve ai em, as sobremesas encheram meus olhos! : ) parabens pra vc e o chef hehe

fico contente que o meu singelo cartao de natal tenha chegado ate vc!

esta semana lembrei de vc ao ver um cogumelo inusitado que nasceu no teto onde sobe as escadas aqui em casa, a foto nao ficou muito bonita rs, mais depois falo sobre la no blog e lembro de quando uns lindissimos cogumelinhos transformaram o ar de uma parte de sua casa, um abraço!

Fabiano Mayrink disse...

ps: e nao é que tambem estranhamente ja sonhei com pessoas aq dos blog, é muito diferente como vc disse

Alfa & Ômega disse...

Seu gatinho é igualzinho o meu . Puseram-lhe fita de cetim com laço, no pescoço e de cor azul celeste, pode? Eu aqui estou com fome e vejo tanta comida deliciosa! Lindo, tudo muito lindo aqui. Que caia chuvas de bênção sobre vc e sua família e tomara que seu guarda chuva esteja quebrado. Grande abraço!

Ivani disse...

Desculpe-me o atraso!
estou encantada com essa postagem e sua deliciosa maneira de narrar sua noite.
adoro a maneira como voce escreve, leio deliciada, parece-me estar vivendo cada palavra.
Voce é mesmo muito especial, e seu ano novo será muito iluminado, creia!
beijos

Bela disse...

Querida Rosana, fico tão feliz ao s-ler suas mensagens! Sempre sinto que vc escreve com a alma. Que seu ano seja leve e cheio de alegrias! Sabes que tem uma amiga aqui! Tenho andado distante, eu sei. Algumas questões precisam ser resolvidas por aqui. Gostaria de me sentar ao seu lado, dividir uma xícara de chá e falar um pouco.
Bem, lhe deixo muito carinho e um forte abraço!
Beijos!! Bela