terça-feira, 8 de janeiro de 2013

E sobre a mesa, pudim e crumble!



Ainda que circule com facilidade pelos caminhos da cozinha, reconheço que são as alquimias com açúcar as que mais me encantam e, coerentemente, as que me rendem maiores recompensas. Piso com firmeza nesse universo, reconheço à distância os perigos mais costumeiros ao tomar contato com uma receita nova: tamanho equivocado da fôrma, ingredientes com proporções inadequadas, uso desnecessário de batedeira, liquidificador... Poucas vezes caio no conto de receitas mal passadas, mas quando isso acontece, sou tomada de uma frustração descompensada. Por isso, mantenho os olhos bem abertos na hora de testar alguma invenção confeiteira pela primeira vez. 
No final de semana, vivi aqueles momentos doces de preparar um pudim diferente, com nozes, desde o momento de reunir os ingredientes (poucos), esperar até o outro dia para o desenformar e ele sair inteirinho, lindo, brilhante, até os elogios do público à mesa. 
Se quiserem viver os mesmos capítulos, segue a receita, com um pequeno adendo: na próxima vez, reduzirei o leite condensado a uma lata. Para meu paladar, tem uma dose extra de açúcar totalmente dispensável. Mas, os "formigões" de casa bateram pé de que estava doce na medida certa. Você decide!


Pudim de Nozes

2 latas de leite condensado
250 ml de leite
2 ovos
120 g de nozes
Açúcar para o caramelo
Derreta o açúcar numa panela, ou diretamente na forma de pudim, até ficar bem dourado.
Em um recipiente, despeje o leite condensado e os ovos. Misture bem.
Bata o leite com as nozes no liquidificador até ficarem bem trituradas.
Adicione o leite de nozes ao leite condensado e misture até ficar homogênio.
Despeje a preparação na fôrma de pudim.
Asse em banho-maria durante 55 minutos.
Daqui:  http://lamignardise.blogspot.com.br

Em contrapartida, reprisei a boa e certeira receita de crumble, para "escoar" a produção de bananas de um único cacho que rendeu muitos quilos. Juntei mirtilos e se deu um bom casamento.


Pré-aqueça o forno em 180 graus e unte uma forma redonda pequena com manteiga e farinha.
Descasque e corte em rodelas finas quatro bananas e tempere com duas colheres de sopa de açúcar refinado, uma colher de café de canela em pó e meia colher de café de cravo em pó. Misture bem e reserve.
Para a massa, use 100 g de manteiga, 250 g de farinha de trigo, 5 colheres de sopa de aveia em flocos, 2 colheres de sopa de açúcar refinado, 1 colher de sopa de açúcar mascavo e uma colher de café de canela em pó. Misture tudo com as pontas dos dedos até que obtenha uma massa seca e esfarelada.
Use metade dessa massa para cobrir o fundo da assadeira. Acomode as bananas e cubra com a outra metade da massa. Leve ao forno por 20 minutos.
Daqui: cozinhapequena.com

E para provar de tudo um pouco e derrubar a sentença de que três é demais, nos fartamos com a combinação servida, assim,  bem juntinha.

Um banquete! Brindemos com a poesia de Roseana Murray, porque a alma também precisa de alimento, não é mesmo?

NA MINHA CASA DE VENTO
TEM CHÁ DE CHUVA,
BOLO DE NEBLINA,
EMPADÃO DE PENSAMENTO

NA MINHA CASA ENCANTADA
TEM MACARRONADA DE NUVEM
E PASTEL DE TROVOADA.

A SOBREMESA É TRANSPARENTE
NA MINHA CASA DE VENTO:
SORVETE DE ORVALHO,
PAVÊ DE FAZ-DE-CONTA
E TORTA DE TEMPO
(RUIM OU BOM, NÃO IMPORTA).

VOCÊ QUER JANTAR COMIGO?

Amém!

5 comentários:

Rosana Remor disse...

OI AMIGA!ESTAVA AGORA DEITADA PENSANDO EM FAZER UM PUDIM DE LEITE....QUE DELÍCIA QUANDO VI SEU POST...COINCIDÊNCIA!!VOU CORRENDO PRA COZINHA!!BJS AMADA!!

Regina Melo-Jocknevich disse...

Mas menina você está com tudo e não está prosa. Além dessas receitas e parecem ser deliciosas, o seu texto é uma delícia :)

Nunca fiz pudim com receio de virar uma meleca, e no entanto eu adoooooro pudins. Nunca comi pudim de nozes, mas acredito em você, deve ser bom demais.
Ultimamente estou me aventurando na cozinha, começando devagar mas esperando alçar vôo.

O que é mirtilo? Parece com blueberries.

ps.: você pode não acreditar mas qdo estava fazendo a postagem com aquele vidro q virou casinha de duende, de fadas, etc., eu pensei em você :)

António Jesus Batalha disse...

Vim à net para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog, encontrei o seu blog, e estive a ver algumas postagens e achei o seu blog muito bom, tenho de lhe dar os parabéns, pois é um blog que dá sempre vontade de vir aqui mais vezes.
O meu blog é o Peregrino E Servo, se tiver tempo ou se desejar pode fazer-lhe uma visita e se gostar faça o sentir no seu coração, saiba porém que nunca deixei alguém ficar mal.
Desejo paz e saúde para si e para o seu lar.
Sou António Batalha.


Fabiano Mayrink disse...

Rosana essa semana aqui em casa lembrei varias vezes dessas suas receitas de cuca, aquela farofa fica me enlouquecendo aqui rs

por duas vezes esta semana acordei no sono da tarde com a boca salivando com a textura dessa receita, não fiz cuca mais fiz ontem um bolo de fubá com doce de goiaba, ficou fofo e divino!! já o comi quase todo só restou uns 3 pedaços da forma!

ainda quero ver se animo em fazer cuca, mais acabo por ficar nas receitas que tenho costume em preparar, tenho que me aventurar mais na culinária, um pena pois agora que vou mudar de casa vou perder minha cozinha,

quero te convidar pra participar do sorteio que estou fazendo lá no meu blog, é de uma "agenda" com folhas envelhecidas ;)

um abraço!

Andrea Guim disse...

Oi, Ro!
Quanta coisa gostosa e tentadora! Fiquei de olho na torta de mirtilo (que nunca encontro aqui no RJ...)

Ó, vim te convidar pra visitar meu novo blog, o Caderno de Recortes (uma continuação do Andrea Guim Blog).
Bora lá visitar e dar uma força sendo seguidora!!
Beijins,
Dea