quarta-feira, 29 de julho de 2009

Florada cereja em céu anil

Clique na imagem para alcançar o céu pelas
múltiplas flores da cerejeira
mais bela da Praça do Labirinto, em Nova Petrópolis

As cerejeiras ornamentais, árvore símbolo do Japão, pincelam o final de julho na serra gaúcha feito Monet. Com tons e sobretons de rosas intensos, tiram o fôlego, ganham a cena. E a gente olha, olha, olha ... Fotografa, fotografa, fotografa... e não consegue parar de exclamar "Que lindo!". Não duram assim, romanticamente floridas, muito mais do que uma semana. Então, assim como os japoneses, que se apropriam dos parques e praças na época da sua floração em alegres piqueniques para contemplá-las, ainda dá tempo de aceitar esse deslumbrante convite da natureza e subir à serra nos próximos dias. Seus olhos com certeza agradecerão...

3 comentários:

Laély disse...

Que presente de início de manhã.
Eu também, não canso de olhar pro céu da minha cidade, sempre de um azul tão limpo! É privilégio, ainda mais, este contraste com o rosa da florada.
Rosana: vi seu comentário sobre a xícara no prato e pensei que não é necessário furar e estragar o prato. Basta pendurar um fio de nylon na xícara e amarrá-la no gancho de arame que sustenta o prato.
Abraço e bom dia!

Bel Sanz disse...

Rosana, recebi o jornal. Obrigado pelo envio. Gostei do seu filhinho virtual e gostei muito da materia sobre scrapbook.
Obrigado!
Besos

rosanasperotto disse...

Lá, fiquei "enfeitiçada" pelas cerejeiras. Vou tentar cultivar ao menos uma no meu quintal.
Querida, viu só como sou pouco engenhosa. É claro que é muito mais viável a opção de pendurar a xícara no suporte de metal. Valeu a dica!

Bel, fico feliz que tenhas conhecido meu trabalho de perto e gostado da matéria. Eu é que agradeço mais uma vez tua boa-vontade em colaborar com o jornal. Beijos e ótimo fim de semana!