sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Fogo do sul

Porque o inverno continua e enquanto ele reinar por aqui os fogões a lenha seguem acesos...

Na cozinha dos amigos que recebem com almoço preparado sem pressa, no ritmo das brasas

Na tenda de produtos da colônia na BR 116, em Picada Café, cozinhando pinhões para os viajantes
Na minha sala, colorindo de laranja quente as noites geladas

"Já sugeri que teologia é coisa que deve ser feita na cozinha. Claro que não é qualquer cozinha. Cozinha de microondas e fogão a gás não serve. Sei que é mais prático. Fogão a lenha é coisa complicada. É preciso muita arte para acender o fogo. E é preciso cuidado para que ele não se apague. Mas que sonhos me faz sonhar um forno de microondas? Que sonhos me faz sonhar um fogão a gás?" (Rubem Alves)

4 comentários:

susi disse...

Rosana,sofro com esse calor também,aqui abril e setembro sao os melhores meses,mais frescos,sol brilhando todos os dias.
Vendo suas imagens me deu uma imensa saudade,senti ate o cheirinho do pinhao..
bjs

rosana sperotto disse...

Ô Susi, nunca estive tão longe do berço, mas imagino essa saudade. Quando era menina e resolvia dormir na casa das minhas tias, sentia algo parecido, melancólico, conforme entardecia... Ainda hoje tenho a sensação presente, às vezes com uma saudade indefinida. Beijo, querida

Laély disse...

Ai, mas que delícia de texto de Rosana e de Rubem! Dá vontade de ir pra perto do fogão a lenha aceso e assar um queijinho no espeto, ou milho verde, e ficar jogando conversa fora, porque não tem tv, nem rádio, nem relógio...

Fabiano Mayrink disse...

quero um pra mim rsrs!