quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

1 colherzinha de sal, 3 de açúcar, 1 copo d´água

A fórmula da dra. Zilda não nos deixa escapar: o mundo e o nosso mundinho precisam da nossa ação, e muitas vezes, quanto mais simples, mais produtiva. Para quem apostou todas as fichas no efeito dominó de corações movidos à (com)paixão e boa-vontade, as milhares de crianças salvas, outras milhares que se salvarão e todas as suas mães reverberam em gratidão. Receita repassada, inspiração compartilhada, agradeci à emoção esquecida de chorar por tanta beleza, por ter a quem tanto admirar.

17 comentários:

Isis disse...

Pois é Rosana.
Uma pessoa iluminada que jamais partirá pois as sementes que ele plantou,se multiplicarão para sempre.
Isso que eu chamo de viver de verdade.
Um beijo...

rosana sperotto disse...

Ísis, fazer a valer a vida, parece que este é o recado que ela me deixa, uma semente forte no fundo do coração. Beijo

msgteresa disse...

Alo,Rosana!
Existem estorias de seres humanos muito especiais,que vem a este planeta com um brilho diferente nos olhos e a incrivel missao de trazer esperanca a muitos coracoes...Este foi o caso da Dra.Zilda,que durante toda a sua trajetoria de vida deixou atras de si um rastro de estrelas...Impossivel traduzir o efeito de sua boa vontade e dedicacao as criancas,homens e mulheres menos privilegiados...Realmente um verdadeiro efeito domino de muitos coracoes...
Eu li uma vez,que todos podemos ver quantas sementes tem uma fruta,mas so Deus sabe quantas frutas poderao ser geradas por apenas uma semente que germina...Assim foi o inicio da jornada desta mulher valorosa e so Deus conhece,por seus misteriosos caminhos,quantos frutos bons ainda serao colhidos pela frente...
A Dra. Zilda se foi repentinamente,mas uma nova estrela deve estar brilhando no ceu do Brasil...
Um abraco emocionado no seu coracao,
Teresa

Mariana Guimarães disse...

olá, seja bem vinda.
Volte sempre e boa sorte.
bj

rosana sperotto disse...

Teresa, lembrei muitas vezes das tuas palavras sábias durante o dia de trabalho. Acho que estas, em especial, merecem um post: "Todos podemos ver quantas sementes tem uma fruta, mas só Deus sabe quantas frutas poderão ser geradas por apenas uma semente que germina...". Vamos ver como esta linda semente plantada por ti brota por aqui. Obrigada, querida. Beijo no coração pra ti também

rosana sperotto disse...

Mariana, bom te ter por aqui também! Beijo

Laély disse...

Rosana: fiz faculdade e cursei Pediatria, pouco depois da criação da Pastoral da Criança. Uma revolução silenciosa. Aprendemos inclusive a fazer a multi-mistura. Prova de que grandes mudanças, necessariamente não começam a partir de ideias mirabolantes, mas dependem de boa vontade e empenho, e uma mulher como Zilda Arns.
Quanto ao seu comentário, é fato que não fiz Jornalismo, mas sei que uma chamada é importante. Se não fosse assim, como venderiam os jornais sensacionalistas, né? rsrs
A ideia de fazer as letras maiores, partiu de uma leitora. Acatei e acho que deve facilitar. Precisamos trocar umas ideias...

Cláudia Mello disse...

Rosana queridona!!!

Chegou o calendário! Para me animar um pouquinho, já que estou de cama desde ontem atacada por uma virose braba! Muito lindinho! Obrigada, viu?

beijão

Ana Maria disse...

oi Rosana

Uma mulher excepcional, e para nosso orgulho, era catarinense....kkk
com certeza jamis será esquecida pelo seu trabalho incansável.
Que bom que minhas almofadas vão te inspirar, fiquei uns dias tentando criar coragem, agora quero fazer mais...

bjus e um ótimo findi

rosana sperotto disse...

Laély, agora entendo melhor tua veia infantil, doutora pediatra. A história de Zilda me toca onde gosto de ser mexida: a partezinha aquela que almeja ser mais doadora. Querida, vamos trocar ideias sim. Segue e-mail mais tarde. Beijo

Claudinha, estava ansiosa com a viagem do "povo pequeno". O Correios parece estar em operação tartaruga. Que bom que chegaram bem e que ajudaram com uma alegriazinha nesse teu dia dodói. Beijão

Ana, é de ter muito orgulho mesmo dessa conterrânea imortal! Quando fizer as almofadas, mostro, tá? Bom findi aí também! Beijo

Cecilia e Helena disse...

Rosana:
Quanta sensibilidade nesse seu post. Não consigo ler o que vem sendo escrito sobre a Dra. Zilda, sem que me venham lágrimas aos olhos.
Um abraço da Cecilia.

Véia da Teia disse...

...pois é mesmo assim, quem parte deixa uma parte!
dorei ver a "tua Zilda"

Eliene Vila Nova disse...

Uma grande mulher, que realmente viveu em função do próximo, tive a chance de vê-la na minha cidade há alguns anos atrás.
Amiga estava lendo sua spostagens, pois peço desculpas por andar tanto tempo sumida,rsrs, parabéns ao gatinho e mulher eu amo o sabonete Alegria do Bticário.é o meu cheiro,kkkkkkkkk
uma semana bençoada
beijos

rosana sperotto disse...

Oi, Cecília, em meio a essa tragédia imensurável, a luz da dra. Zilda alenta nossos corações, não é? Beijo e obrigada pela visita!

Véia, "dorei" de ter por aqui, eu que tô sempre xeretando tua vida à beira-mar. Beijo

Eliene, querida, és o próprio perfume da Alegria. Boticário poderia te contratar para garota propaganda dessa linha, e seria um sucesso, com certeza! Beijão

Kandis Design disse...

Tantos inocentes e pessoas boas se foram nesse terremoto.. Muito triste

analu disse...

Rosana! Teu texto está lindo, e disseste tudo em poucas palavras. realmente a Doutora Zilda, cumpriu sua missão, é uma pessoa admiravel.seria muito bom se todos nós pudessemos cumprir a nossa. Querida tem selinhos para ti no meu blog, olha não sei se gostas. fique a vontade. beijocas e muita luz para ti. Analú

Fabiano Mayrink disse...

Rosana receitinha basica mais muito eficiente, ontem mesmo bebi mais de 2 litros desta soluçao milagrosa!! Aqui em casa é muito quente acho que desacostumei e passei mal... Enfim depois de litros de soro caseiro um prato de mingal de fuba e agua de farinha de mandioca estou melhor rsrs,

os correis demoram pra entregar as coisas bem eu nao sei quando o meu presente chegou pois quando o vi ja estava em minha cama, mais enfim chegou obrigado novamente!