quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Quem não tem vestido, nem caviar...

... Recolhe a inspiração colorida do livro "A Menina e o Vestido de Sonhos", de Alexandre Rampazo, presente da Editora Larousse Júnior (um dos tantos ossos bons desse ofício de trabalhar em jornal infantil é montar uma minibiblioteca ao longo dos anos), e "aplica" na bolsa (de valores sentimentais). O tratado à delicadeza do escritor e ilustrador acordou a vontade de voltar aos tecidos, depois de uma boa temporada "circulando" entre as mandalas. Como as habilidades de costura estão muito longe de alcançar um vestido, e também porque aqui o traje é quase uniforme - calça jeans e camiseta (e um dia explico o porquê), o projeto que me abstrai e salva nesses dias de mormaço no vale é uma bolsa amarela, com ares de verão, inspirada também em outra figura que é só delicadeza: a Chris, da Chria. Longe, muito longe da pretensão de chegar perto de suas criações super elaboradas, mas com chances de me agradar.
O primeiro sinal do agrado? O passarinho azul, que pisca pra mim enquanto pesponto as pétalas para ele pousar...

Se ando vendo passarinho de tecido piscar por aí a culpa é desse menino talentoso que sabe tocar a alma das meninas (crafters, então, caem aos seus pés na primeira página!) em cada palavra e traço. Quer uma provinha?

Quem não tem caviar...

... 0riginal, fica é muito satisfeita com a versão bem mais acessível em versão chocolate da Kopenhagen, que fez a diferença no Bolo de Iogurte, receita de outro livro da Larousse (Coleção Larousse da Cozinha do Mundo), presente de Natal para o filho com direito de mãe também dar uma voltinha. Das mesas gregas, o bolo é simples, mas com uma massa tenra que vale a viagem para acompanhar o café, como conta o livro que é costume também por lá: o mais pobre dos gregos sempre tem um café para oferecer, acompanhado do ritualístico copo de água fresca.

Bolo de Iogurte

Ingredientes: 3 ovos, 200g de açúcar, 1 laranja (ou 1 limão siciliano), 150 ml de óleo, 200 ml de iogurte (usei 1 copinho), 250g de farinha de trigo, 1 colher (chá) de fermento em pó, manteiga para untar

Para a calda: 200g de açúcar, 1 limão

Modo de preparo: Preaqueça o forno a 180 graus.

Quebre os ovos separando as gemas das claras. Coloque as gemas e o açúcar numa tigela. Bata até a mistura se tornar branca e aerada.

Raspe a casca da laranja. Acrescente o óleo, o iogurte e a raspa da laranja à mistura anterior e mexa.

Misture o fermento com a farinha. Adicione-os à tigela. Trabalhe para obter uma massa homogênea.

Bata as claras em neve firme. Despeje-as delicadamente na tigela, levantado a massa para não quebrar as claras em neve.

Unte uma fôrma com 26 cm de diâmetro e nela despeje a massa. Leve ao forno e deixe assar por 25 minutos.

Prepare a calda. Esprema o limão. Despeje numa panela pequena o açúcar, 500 ml de água e o suco de limão. Deixe cozinhar por 15 minutos. Deixe esfriar e despeje sobre o bolo. (Substituí a calda por um glacê de açúcar de confeiteiro e o suco da laranja).<>

7 comentários:

Cláudia Mello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudia Mello disse...

Nossa!

Suspiros muitos e variados tanto pelo livro quanto pelo bolo!
Sou totalmente apaixonada por livros infantis ainda mais agora, que parecem ter deixado as prateleiras literárias e passado para as prateleiras de alguma delicatessen, dada a sua gostosura visual...rs

Adorei as dicas, Rosana!

beijinho, irmã sonhadora! ;-)

milu disse...

Adorei! adorei! o livro, a bolsa, o bolo...tudo a ver um com o outro. Sabia que passo aaqui todos os dias?Sou daquelas quietas. Hoje nao resisti.Quero este livro qdo voltar. Nunca fiz um bolo na vida, minha filha ta cobrando...quem sabe este?Bjs.

rosana sperotto disse...

Claudinha, as doçuras do post têm um 6 de Copas como ingrediente que encontrei lá no Via Tarot hoje cedo, visita diária que me faz muito bem. Então, sinta-se parte dessa receita, suspire à vontade e sonhe com a Menina e o Vestido de Sonhos... Beijo de delicatessen!

Milu, querida, eu também adorei!, adorei! Adorei teu comentário! Como não adorar saber que alguém lá do outro lado mundo passa aqui todos os dias e mais: que um simples bolo é capaz de promover esse entusiasmo! Olha, quero ser a segunda a saber quando debutares como boleira, tá? A primeira será a filha, é claro, que merece depois de esperar todo esse tempo (rsrs)... Uma informação: os livros de gastronomia da Larousse volta e meia entram grandes promoções no site da Submarino. Hoje, por exemplo, o Cozinha Brasileira tá por um preço ótimo: 39,00. Então, fica de olho! Beijo com carinho

Solange Fernandes disse...

Eu também quero um vestido desses, rsrsrs.Privilegiada, hem ! ter um biblioteca nos dias de hoje não é para qualquer um, com os preços dos livros.
Já estou curiosa com a bolsa.
E este bolo tem uma cara, hummmm gente tô com fome. Bjs

rosana sperotto disse...

Na próxima vez que fizer o bolo, Solange, posso avisar para que atravesses o rio e eu te passe um pedaço, hábito tão bonito entre as vizinhas que a modernidade levou, o que achas? (rsrss) A bolsa segue o barco, prometo mostrar. Beijo, vizinha!

Solange Fernandes disse...

Oi amiga!Hum acho que vou querer o bolo sim,rsrsrs.
Lembrei de você hoje pois fui almoçar no restaurante natural daí, aquele que tu expôs as mandalas. Bjs e ótimo finde.