sábado, 3 de julho de 2010

Sol de primavera...

(em pleno início de julho, o sábado no Sul se iluminou da luz de setembro, das cores da natureza e da energia prematura de renascimento, quando, na verdade, as sementes continuam dormindo o sono da germinação, gestando quietinhas a próxima estação)
... abre as janelas do meu peito.
(Cerejeira em uma das ruas bucólicas da simpática cidade de Morro Reuter, RS, no comecinho da subida da serra, hoje à tarde)
Um domingo iluminado a todos! Amém!

8 comentários:

Cintia Branco disse...

Rosana,

Que cenário lindo. Que saudade da minha terra.
Abraços e bom domingo

Cecilia e Helena disse...

Olá, Rosana:
Que lindo!
Bom domingo pra você também.
Abraçoda Cecilia.

Carina disse...

Rosana, que lindo!!!
Mais lindo, é notar esta beleza a nossa volta, não é?!
fiquei sabendo da sua despedida... e não consegui te visitar no jornal... que coisa essa correria do dia-a-dia!
Agora, desfrute das vantagens de tantos anos de dedicação!
E, prometo, que vou encontrar um tempinho, pra nós!
bjokas

Fernanda Reali disse...

Oi, Rosana. Já estive em Morro Reuter anos atrás, achei bonito. Essas cerejeiras parecem aquelas do blog Lost in Japan!!!
bjs

Laély disse...

Por aqui, ipês rosas e manacás da serra em flor!
( Tô lhe devendo uma resposta de e-mail...)

Nana disse...

Isso só me faz pensar que o ano está passando rápido, muito rápido hehehe
Flor, passa lá no Manga :)
Obrigada pelo seu carinho e participação.
Bjss

Rosana Sperotto disse...

Oi, Cintia e Cecília, a primavera gaúcha prematura tem proporcionado dias maravilhosos mesmo, e a serra, vocês sabem, é a menina dos meus olhos. Abraços, queridas

Oi, Carina, pois é, a segunda-feira amanheceu mudada hoje. Vou tirar um temo pra curtir o "ócio", e depois encaminhar novas paixões. Aguardo nosso encontro, tá? Beijo

Fernanda, também lembrei do Lost in Japan, até ia fazer uma referência, e depois esqueci. Legal saber que já estivesses por perto. Um beijo!

Laély, nossos ipês estão atrasados, mas os manacás, um espetáculo à parte na subida da serra. Lembrei tanto de ti em "Morro Reuter" (rsrs). Beijo, querida

Ô, Nana, também tô com essa sensação de uma velocidade absurda dos meses. E os agradecimentos pela alegria dessa segunda-feira com a participação no Manga são muuuuito grandes! Beijos!

Fabiano Mayrink disse...

Nossa Rosana, fiquei espantado!!! Nunca iria imaginar que tem cerejeira aqui no Brasil! Obrigado pelo post ;)

ps: O sul é o sul ne rs