segunda-feira, 17 de junho de 2013

Mesas floridas, apimentadas, iluminadas para os namorados


Se há coisa que me empolga é ser desafiada a encontrar soluções menos óbvias para projetos "arteiros". Gosto de todos os passos, até daquela angustiazinha que bate quando dá um branco na criatividade e é preciso reconhecer que o melhor é deixar as ideias de molho para retomar mais tarde. Quase sempre essa estratégia funciona, e dessa vez também não falhou.
Bem, a empreitada da última semana passou por todas as fases, inclusive aquela satisfação sem preço de ver o resultado e dizer "Yes, ficou bacana como sonhei!" (modesta a moça...rsrs).
Na missão de decorar as mesas do restaurante do filho para o jantar do Dia dos Namorados, desde o início me fixei na ideia de usar flores menos badaladas para a ocasião do que as consagradas rosas, e logo visualizei a beleza meio esquecida das camélias, ao meu ver, igualmente exuberantes. Começava  aí a maior tarefa da gincana "decorativa". Há muito lamento o quase desaparecimento de várias flores cultivadas em tantos jardins e quintais no meu tempo de criança. Talvez a pressa que rege nossas rotinas modernas tenha tirado do mercado as espécies que demoram a florescer, como as camélias. Prioriza-se aquela mágica de fazer nascer jardins da noite para o dia, com plantas glamourosas resistentes, que dispensam maiores cuidados e paciência de esperar crescer e  florescer. O certo é que ainda me espanto quando vejo palmeiras "brotarem" em horas, canteiros se colorirem de arbustos vistosos, simetricamente, num piscar de olhos. Definitivamente, prefiro a jardinagem à moda antiga, a torcida para que as mudinhas vinguem, a troca delas com as amigas, a delícia de ser surpreendida por uma novidade que os passarinhos trataram de trazer. 
Mas, voltando às camélias, depois de várias investidas com o olho espichado pelos pátios alheios sem sucesso, resolvi pedir socorro pelo Facebook, do tipo "procuro camélias, quem poderá me salvar?!". (rsrs) Considerem que as floriculturas raramente têm essas belezuras à disposição, por isso a dificuldade maior. Amigas então se mobilizaram, cada uma apontando um caminho, até que o universo resolveu dar também uma mãozinha e numa das indicações, lá estavam elas, lindonas, cor de rosa, a nossa espera. 
Com elas nas mãos, foi barbada compor os arranjos de acordo com o projetinho inicial. Sobre guardanapos de papel rendado, velas baixas em cima do pé de taças de espumante e o mimo confeccionado especialmente para os casais levarem como lembrança: geleia de pimenta preparada pelo filho, embalada em vidrinhos decorados com fitas e pimentinha de murano.
E o ambiente se vestiu de um romantismo suave, com um arzinho retrô, como, acredito, as relações amorosas andam meio carentes, e com um toque apimentado para aquecer o clima dos apaixonados. (Viram que lindo o painel com fotos antigas da cidade impressas em papel de parede?)
Na recepção, um convite para curtir a noite com o coração bem aberto (inspirado na Casa al Mare).
Enamorada do resultado da empreitada, fica a confirmação de que o velho e sábio chavão é a porta para as mais ternas alegrias: "Faz com o coração, e tudo flui, prospera, se ilumina". Amém.
Para conhecer um pouco mais do Vero, clique no link:
http://www.diariodecanoas.com.br/webtv/programas/458012/chef-vicente-sperotto-fala-sobre-o-corte-norte-americano-prime-rib.html

7 comentários:

Beti Copetti disse...

Ficou lindo! Gostaria de ter visto ao vivo!
E compartilho contigo esta aversão à moda de jardins instantâneos. Acho uma pena que as pessoas não se deem o prazer de ver a vida crescer e se multiplicar em flores e frutos com o tempo necessário. Jardins que surgem de um dia para o outro e são jogados no lixo quando não interessam mais. É como se estivéssemos dizendo que a vida é descartável : quero pronto, quero usar e quero jogar fora. Pena!

Rosana Remor disse...

Que coisa LINDA, UM CAPRICHO SÓ!!!Você sempre surpreende!!Beijos!!

Jeito Mineiro de Ser disse...

Ficou lindo mesmo! Parabéns!
Um abraço!
Egléa

Angela Cristina disse...

QUE LINDO AMIGA, GOSTARIA DE VER AO VIVO!!
Parabéns.
BEIJOCAS NO SEU LINDO CORAÇÃO

Jesus puro amor disse...

Parabéns pelo blog.
"Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos ímpios,
Porque o homem maligno não terá galardão, e a lâmpada dos ímpios se apagará.
Teme ao SENHOR, filho meu, e ao rei, e não te ponhas com os que buscam mudanças,
Provérbios 24:19-21"

Ivani disse...

chego meio atrasada, um tanto adoentada, mas com os olhos brilhando de ver tanta beleza!
sim Rosana, os velhos jardins tinham mais encanto, mais alegria!
lembro-me que em casa, num pequeno espaço, tinha camélias, dálias e hortências (preferidas de minha mãe).
as rosas eram daquelas em trepadeira, meio amarelas, meio rosa, lembra?
Bom, a decoração para o dia dos namorados ficou com a sua cara! rsrsrs
romântica, suave, mas ao mesmo tempo alegre, e com um bom gosto extraordinário. Parabéns!
desejo um lindo fim de semana para voce, beijo.

Cecilia e Helena disse...

Ahhhhhhhh tudo tão lindo!!!
Beijos,
Helena