quinta-feira, 11 de março de 2010

O ponto alto da (a)ventura (capítulo final)

No destino mais aguardado da nossa viagem, Santa Teresa, na serra do Espírito Santo, a amiga Laély e seus "meninos" nos esperavam assim, com braços abertos. Com o coração acelerado pela expectativa...
pousar no ninho lá no alto da amiga foi um capítulo à parte, escrito e grifado pelos...gestos amáveis e cuidados especiais, em todos os momentos e por toda parte, como a moringa, os sabonetinhos, as lavandas do jardim e as flores miúdas perfumando o quarto do menino do meio emprestado às hóspedes com sua gentileza cativantee os quitutes de quem não pensa duas vezes para entrar na cozinha e faz um banquete para o almoço de recepção às gaúchas, com direito à mesa embaixo de árvore, flores, prece de boas-vindas... Disposição que segue no dia seguinte: acorda mais cedo para preparar pretzel (delicioso!) para o brunch de domingo, recheado de outros produtos caseiros, como os pães e o creme de açaí, hum... sabor do norte que conquistou o paladar das turistas do sul.
Como os trabalhadores do seu quintal, movidos a vento, nossa amiga se desdobra, movida a entusiasmo e generosidade, e multiplica o tempo dando conta de seu trabalho, da rotina da sua grande família e de paparicar as "meninas" sob seus cuidados.
No papel de guia, não mede quilômetros, e com as inseparáveis câmeras na bolsa, lá fomos nós conhecer outras belezas capixabas, agora serranas, com seus relevos e verdes parecendo patchwork do Criador, como o Vale do Caravaggio
e o Mosteiro Zen Morro da Vargem

que faz da Natureza o motivo maior da reverência e divide com os visitantes sua sagrada perfeição, simbolizada nesse arbusto exótico, que não poderia estar em outro lugar com sua surpreendente forma de mala (rosário budista).

Encantei-me com tamanha semelhança ...

e com a filosofia do lugar, como a Laély conta aqui.
Encantadas, pose para a foto, tentativa de guardar o zen e a felicidade...
que mesclaram, por alguns minutos, a absoluta paz com uma dose gratuita de adrenalina: em busca de uma solução para o longo trajeto até os templos, a amiga motorista segue a pé atrás de uma licença para a entrada do carro, já que essa amiga aqui não teria pernas para a distância. E enquanto espero sentada à beira do belo caminho...
lá vem ela, "voando" na carona de uma moto do mosteiro, bela e faceira, e um clic apressado salva, ainda que desfocado, o registro da cena.
Pé na estrada, de volta a Santa Teresa, parada obrigatória em outro almoço para alimentar todos os sentidos. O Café Haus é aconchegante, rico em detalhes fofos, tranquilo e tem um cardápio elaborado e diversificado. Aí vai uma provinha das iscas crafters e gastrônomicas do restaurante:
Toalhas de crochê cobrem as mesas da varanda em arco-íris.
No quadro com moldura em chita, a chef sugere com muito charme.
Rosas, muitas rosas vermelhas carmim, em contraste com cores fortes, faz lembrar Frida Kahlo.
E nas prateleiras, fofuras em crochê e fuxico dão o tom da identidade do lugar.
Depois da difícil tarefa da escolha, o prato que provocou suspiros: salmão, arroz negro e purê de mandioquinha.
Na mesma quadra do Café, duas lojas levam meus tostões (rsrs) e todos os espaços vagos da mala. Biscoitos, em dúzias de diferentes sabores e formas, herança da colonização italiana, são tradição na cidade, e uma perdição para uma biscoiteira de carteirinha.
Alguns dos que chegaram aqui e foram distribuídos como lembrancinha da viagem: bolo ladrão, sequilho de maracujá, biscoitinho de nata, corações amanteigados e tijolinhos de amendoim.

Na mesma calçada, a ave-símbolo da cidade dá o ar de sua graça em pedacinhos pacientemente agrupados...
e o hibisco mimetista, tímido, tenta em vão camuflar sua beleza na fachada da simpática casa.
A bagagem levou geleia e bolinhos de uva para os teresenses de coração, mal sabia eu que a região está investindo em vinhedos e produzindo vinho, além de outro exótico: o de jabuticaba. A Cantina Mattiello produz e vende os dois tipos, mas como café é vício primeiro, alguns pacotes do grão cultivado e processado lá encarregaram-se de aromatizar a mala junto com os biscoitos.Na casa com as paredes cobertas da história da família e região, em fotos e documentos, cada canto rende imagens "de revista", e escolho a janela bucólica...
pra lembrar daquela última manhã ensolarada em Santa Teresa, que rendeu ainda os últimos afagos no Pingo, amor virtual antigo...amor maior ainda ao vivo (que seu amigo gaúcho Bibi não saiba disso) ...
e rendeu também imagens legendadas assim - Sim, eu estive lá, na Sala da Lá - para dissolver a estranha sensação que volta e meia me rondava anunciando que logo, logo acordaria e estar lá, num espaço real tão conhecido pelo virtual, deveria ser alguma perturbação onírica.
Sim, a famosa bonequinha, marca da fase inaugural do saladala, mora lá...
ao pé da janela...
e em outra janela, um quarteto iluminado emoldura a outra sala, a de jantar...
com sua coleção autêntica e harmônica...
retrato de como a vida circula por todos os cômodos do lar dos Fonseca.
Sim, foi uma semana de sonho, e bem acordadas, tivemos a ventura de vivenciar uma sintonia fina e suave e confirmar que...
somos mesmo da "mesma nuvem", como suspeitamos desde o princípio e ao que mais agradeci aos céus voando de volta pra casa.
Amigos que nos acolhem e abraçam junto nossos amigos são presentes que nenhum futuro poderá levar...
Obrigada, Laély, pela amizade e por estendê-la à Jane. Obrigada, Jane, pela amizade e por estendê-la à Laély. Obrigada, Senhor, pelas amigas tão preciosas. Amém!
Que os próximos capítulos turísticos dessa turma sejam gravados aqui no Rio Grande, onde esperamos a retribuição da visita, combinado, Lá?

16 comentários:

by Tania Martyns disse...

Rosana ,que fotos lindas !obrigado pela visita lá no meu bloguinho e boa sorte no sorteio ,beijos !

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Posso dizer que eu devorei esse post e fotos. Lindo demais.
Deliciosas comidas, paisagens lindas. Tem até mosteiro zen!

Ah, o paraíso existe. É um lugar assim que eu quero morar. Que maravilha.
Obrigado por compartilhar! Bjos

Fala Mãe! disse...

Adorei acompanhar essa viagem maravilhosa!!!! deu pra sentir o quanto essa viagem te fez bem. Quando vier a São Paulo me avisa hein? E Passa em casa! (tribalistas rs)
gde beijo
Cynthia

rosana sperotto disse...

Oi, Tania, obrigada também por passar por aqui e seguir o AMEM. Beijo

Alexandre, fico tão contente com a visita dos meninos que me honram como seguidores. Então, devore à vontade (rsrs)! O Brasil é mesmo um mosaico de lindezas. Beijos

Ah, Cynthia, estou aqui me roendo de curiosidade com o encontro em Sampa(rsrs). Quem sabe me encorajo uma hora dessas a enfrentar a "selva de pedra"... Viajar faz mesmo um bem danado. Beijão

Jane Catarina disse...

Muito dez! Amigas, Rosana e Laély, aqui vai o recado para as duas pois tenho dificuldades em postar, vocês duas fecharam com chave de ouro os post da viagem. Muito legal, mesmo. E como a Rosana disse, te esperamos aqui!!! Beijos e abraços!!!

Laély disse...

Rosana, estou ainda aqui em SP, abraçada também por amigas queridas, que me receberam de braços abertos, e me deliciando com as duas fotos e texto, tão emocionante, pois é a sua visão de mim, do meu lar e dos meus queridos, não é?
Esta semana foi tão especial pra mim quanto àquela que passou por aqui, com a Jane. Emocionei-me em relembrar e confirmar que existem amizades e pessoas especiais como você, a Cynthia, a Ana, e tantas outras, que gostaria de ter conhecido e não tive tempo, nem oportunidade.
Chegando em casa, conto as novidades.
Sabe que a atenção foi de coração.
Um beijo, querida!

rosana sperotto disse...

Jane e Laély, amigas queridas, fica aqui mais um brinde (com Coca Cola...rsrs) à nossa imersão na amizade que a semana juntas nos presenteou. Beijos no bom coração das duas!

Ruby Fernandes disse...

Oie flor! que post mais lindo! Sabe que fiquei arrepiada? Dá para sentir daqui essa amizade verdadeira!
Bjo bjo querida :)

Susi disse...

Rosana,quanta coisa linda e que passeio delicioso,ultimo capitulo ahh que pena!!
Passou tao rapido,nao foi?
Ah, semana passada fiz o bolo marmore que voce postou e ficou uma delicia, quando lembrei de fotografar ja tinha quase acabado.
bjks

Solange Fernandes disse...

Rosana querida, que bom poder ter viajado com vocês, em que seja pelas fotos e relatos.
E não e´que a maré de sorte veio parar aqui,rsrsrs, quem sabe não chega até aí. Tem vários sorteios acontecendo,na barra lateral do meu blog linkei alguns.Vai lá e tenta a suorte menina,kkkkk.Quem sabe???Bjs

rosana sperotto disse...

Oi, Ruby, é mesmo uma coisa linda esses vínculos que criamos por aqui e que, num "passe de mágica", acabam fazendo parte das nossas vidas. Beijo grande, querida

Ah, Susi, a semana no ES foi rápida mesmo, mas tão intensa, que parece o dobro do tempo. Que bom que provaste e aprovaste o bolo! Fiquei toda faceira! Beijos de quase outono aqui


E aí, Solange, dona sortuda, vais ensinar que mel é esse que tá atraindo tantos presentes (rsrs)? Que a sorte seja contagiosa (rsrs). Beijo e uma semana colorida por essas alegrias

Nárriman disse...

Rosana, esse passeio vai ficar durante muito tempo, em minha lembrança também; acompanhei tudo pelo seu blog e o de Laély e me maravilhei com essa demonstração de amizade, que está se fortalecendo entre vocês.
Bjs

# Já te falei que amo ler seus textos?

msgteresa disse...

Alo Rosana!
Estive tambem passeando um pouco com a familia e,sendo assim,meio ausente da internet por esses dias...Entao,so hoje descobri aqui o seu "capitulo final"da aventura capixaba...
Com certeza me emocionei com o seu lindo post...E la fui eu tambem viajando com voces pela serra,pelo caminho zen,saboreando uma comida especial e...finalmente em plena casa da Laely!
Que mais podemos dizer de tao gostoso passeio e encontro tao bom de amigas? Impossivel descrever as emocoes e sentimentos que temos nestes momentos especiais...Mas,sem duvida,inesqueciveis de nossas vidas!
E a amizade que floresce entre as pessoas e que emoldura o jardim da vida...Parabens pra voces duas,pessoas tao encantadoras que so acrescentam sementes boas nas terras altas do nosso ser!
Porque amizade verdadeira e algo que transborda os limites do nosso coracao e ilumina todos ao seu redor!
O meu abraco emocionado para as amigas!
Teresa

Fabiano Mayrink disse...

Rosana que post lindo, recheado de sentimentos e lugares mais lindos ainda! A regiao serrana é mesmo muito bonita, sai daquele calorao do litoral e adentra em um lugar que mais parece o sul?!

um abraço e aguardando os biscoitos de mel!!

rosana sperotto disse...

Ô Nárriman e Teresa, é "por essas e por outras" que a atenção dedicada a esse espaço vale tanto a pena. Tô aqui toda boba com seus comentários. Abraço bem grande das "terras altas do sul"

Fabiano, segura aí que os biscoitos ainda estão no forno (rsrs)! Abração

Veronica Kraemer disse...

Rô, que blog maravilhoso e que post encantador!!! POr isso que eu amo fazer sorteios , pra conhecer tantas pessoas maravilhosas e doces assim como você!!!
Muito obrigada por sua participação!!!
Beijos e boa sorte
Vero