quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Piquenique com farofa

Tivemos um feriado de encomenda, com céu gaúcho anil, contrariando o tempo fechado que normalmente faz nessa data. Exatamente como pedimos na véspera, enquanto preparávamos nosso piquenique, ritual que sempre entusiasma a campista nem tão adormecida que mora nas minhas melhores lembranças.

O sobrinho Bruno é parceirão também nesses projetos e, organizado, lista tarefas e vai-se encarregando de algumas, como preparar os muffins da Ana Sinhana, primeiro quitute escolhido para o passeio. Os bolinhos viraram mania em casa desde que os descobri e mostrei aqui. Dessa vez, Bruno conseguiu fazer a receita do início ao fim. Precisou apenas da minha orientação e da minha assistência orgulhosa ao ver outro menino, como seu dindo, engraçado pela cozinha.Como recheio, rodelas de banana, entre duas camadas de massa (já fiz igual acrescentando uma colherzinha de doce de leite sobre a banana, e ficou delicioso).
A cesta terminou de ser recheada à noite com o pote grande azul guardando a maior atração: a tradicional galinha com farofa, sempre motivo de muitas recordações quando chega à mesa.
O dia amanheceu amarelo de sol na extensa e bela área verde do lago da Casa da Vovó, em Dois Irmãos, RS. Montamos nosso QG enquanto os meninos exploravam o terreno.Na boa companhia da natureza e de quem amamos o tempo balança a alegria...
E a maior sorte é ter uma criaturinha no alto da inquietação dos seus 9 anos, que nos chama para as pequenas diversões tantas vezes esquecidas. Brincamos de fazer comidinha, improvisando utensílios e ingredientes, para o almoço "na floresta". A toalha xadrez e a bagunça dão o tom do "evento" e, em volta da farofa festiva, desenrolamos histórias do passado em que ela esteve presente: os passeios da escola, as idas ao zoológico, as viagens à praia... Ouvidos atentos e fome de leão, Bruno vai escrevendo mais um capítulo da sua infância, com tamanha entrega ao cardápio, que arrisco o título: "Eu amo galinha com farofa!" (rs). Farofeiros assumidos não dispensam uma melancia geladinha na sobremesa (melhor ainda assim, sem sementes) ...
E na digestão, uma preguiça boa que não escolhe lugar para tomar conta.
Preguiça com quem fiz um trato sério ao me despedir do nosso dia feliz. Até o final de semana ela se compromete a ficar bem quietinha para que o trabalho ande por aqui. A fabriqueta dos pequenos móveis precisa dar conta das encomendas (como esta abaixo que acaba de ser entregue) e, para isso, talvez precise ser uma chefe mais severa de mim. Vamos ver como nos comportamos...

P.S: se ganhei o domínio sobre o ócio, perdi com o blogger, que hoje resolveu não me obedecer e a seu bel prazer colocar os textos em fonte gigante. Não considerem exibicionismo... (rs)

25 comentários:

Taia Assunção disse...

Que delícia menina...faz muito tempo que não fazemos um piquenique, acho que o último foi em 2005. As caderinhas estão um arraso. Parabéns! Também sou farofeira assumida, trago vários sacos quando venho do Brasil. Beijocas!

Ana Matusita disse...

Ah, coisa boa! Piquenique com frango e bolo feito por menino!
Adorei!
bj
ps: assim como a Taia, também sou farofeira assumida!

fabi disse...

Ah! Que delícia de pequinique... Acho que o mais gostoso para o garoto foi participar dos preparativos... a gente precisa de pouca coisa para ser feliz e as vezes nem sabe, tudo de bom para vocês, um abraço fabi

Marina Mott disse...

Que coisa mais deliciosa!! Tudo começando de véspera!! Que alegria! Quem é louco de dispensar um franguinho comm farofa??E esse bolinho com banana??Arrematanbdo com a melancia!Bom demais!!
Despertei a inveja alheia com a linda guirlanda que eu ganhei...obrigada de novo!
As cadeirinhas estão muito fofas!!
Beijo, Marina

PS sabe que meu filho e a caçula namoram pessoas aí do Rio Grande (a Bárbara namora um garoto de POA e o Celo, namora uma garota de Santa Maria)?É um tal de vai para lá (aí) e eles vem para cá!

msgteresa disse...

Alo, Rosana!
Fiquei aqui encantada com o piquenique de voces...Que lugar lindo... E aqueles muffins de banana? Hum...Que delicia!E eu tambem adoooro uma farofinha (Rs...) !
Voce me fez lembrar de divertidissimos piqueniques que faziamos com a minha avo nas praias aqui do Rio... Ela inventava cada prato pra gente levar! E sempre tudo em fartas quantidades...A minha avo tinha "pavor"dos netos dela passarem fome! ( Rs... )
E ela sempre tao animada e brincalhona... Fiquei com saudades!
Mas pra nao ficar no esquecimento, as vezes, eu invento de fazer uns "piqueniques malucos"aqui mesmo no nosso quintal... E sabe que e sempre bom demais?
Estou com saudades de conversar com voce, minha amiga...Quando puder, me mande um "alozinho",ta bom?
Beijinhos doces pra ti!
Teresa

Tina disse...

Que dia maravilhoso de piquenique. A falta na comemoração aqui em cas foi mais do que justificada. Sentimos a ausência mas vendo este post ficamos felizes só de ver essa delícia de passeio. Bjs

Rosana Sperotto disse...

Taia, ainda bem que farinha de mandioca é saudável, né? Adoro! A farofa do meu filho já virou "lenda" com os amigos. No churrasco, recebe mais elogios do que a carne (rs). Beijos!

Ana, sou fã de piquenique desde sempre. Hoje, entre o convite para passear num shopping ou ir para o mato com uma cestinha, não preciso pensar nem meia vez. Será "síndrome de Branca de Neve"? (rs)Beijo!

Fabi, pura verdade: tem tanto programa acessível que nos fazem tanto bem. Bruno curte muito os preparativos, igualzinho a sua tia (rs). Beijo, querida!

Marina, a véspera foi mesmo um sucesso! (rs) Menina, quanta gente chegou aqui vinda daí! Obrigada! Quem sabe uma horinha dessas pegas carona com um dos filhos e desembarca no sul, hein? Beijão

Teresa, não adianta, nossos prazeres têm mesmo raiz na infância, né? Também costumava fazer piquenique no quintal, primeiro com o filho menino, depois com o Bruno, e era tão bom! Logo, logo mando notícias, tá? Beijos, beijos!

Tina, lamentei não estar com vocês em dia de encontro e festa, mas esqueci quando combinei com Bruno, e daí, sabes como é, né? Nem pensar em transferir. Devo o abraço pro aniversariante, mas uma hora dessas nos encontramos "pelo muro" .(rs) Beijoca

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Belo pic nic :)

Taia Assunção disse...

Que mamãe mais coruja...não é pra menos, também quero um filho chef. Sabe que minha menina esses dias veio com um papo de que estava pesando em mudar da Psicologia para a Gastronomia? Vamos ver. Beijocas!

Andrea Guim disse...

Oi, Rozana!
Que lugar lindo! Queria morar num lugar assim!
Sobre a tinta azul, é tão linda e tão fácil de usar (adere bem e não tem cheiro) que tô azulando a casa toda!! Rsrsrsrs!!! Faz também, que fica tudo tão lindo!!!...
Beijins!

naomemandeflores disse...

Que passeio mais delicioso! Tanto tempo que eu não faço um piquenique, deu saudade!

Adorei o blog!


Camila F.

Jud disse...

Olá,
Grata pela visita querida e comentário carinhoso.
Adorei seu blog estou seguindo.
Mas que picnic legal este, me lembra a minha infância, oh tempo bom!!!
Bjsss
jud-artes

Laély disse...

Rosana, fiquei aqui, pensando: Esses momentos que o Bruno passa com a tia, aprendendo, brincando, ouvindo histórias...irão marcá-lo por toda a vida. No futuro, talvez, seja ele a contar histórias aos netinhos, sobre a tia, cheia de histórias...
Senti saudade do meu sogro e das ótimas conversas que ele não pôde ter com os netos, já crescidos...
(Quanto ao Blogger, já atualizou o seu editor de textos? Estava acontecendo o mesmo comigo, até que o atualizei nas configurações e então, normalizou.)

neuzinha disse...

Olá Rosana, cheguei no seu blog através do blog de Laély.
Fico meio tímida de expor o meu, afinal voces escrevem muito bem.
Mostrarei o meu bolo com a sua idéia de vela, que achei muito divertida.
Acessarei mais o seu blog, já vi coisinhas mimosas.
E estou para experimentar a farofa com erva mate tb. Nossa, aprendo tanta coisa. Além de escreverem bem, mandam muito na cozinha.
Parabéns.
Abraço de uma gaúcha viajante.

Cecilia e Helena disse...

Geeeeeente, mas tá curtindo demais esse sobrinho, hein? Ainda dá tempo de ele dar uma olhadinha no Club Penguin? rsrsrsrs
Beijo
Helena

Carina disse...

Nossa! Me fez lembrar quando eu era criança e ía aos domingps com minha família a um parque fazer pic-nic! Subia numa árvore, que considerava imensa! rsrsrsrsrsss
E preciso dizer: tb adoro galinha com farofa!!!
Bjo!

Fernanda Reali disse...

Isso é a imagem da felicidade! Adorei ver tudo como foi preparado e consumido, Lindooooo! Para ser 100% perfeito, só faltou um mar nordestino à frente, hehe

O Bruno será um excelente chef, pode apostar, pois a carinha compenetrada dele disse tudo!

Cecilia Helena disse...

Que dia gostoso Rosana, como sempre em contato com a natureza, isso é muito bom! Aqui o tempo ficou fechado, zangado mas sem chororô(chuva), muito abafado!Gostaria de ter acostumado mais minha família aos piqueniques, mas por falta de lugar bom e seguro,não temos esse ótimo costume! Para as crianças tudo é festa, elas devolvem o prazer de viver pra gente. Quanto à preguiça, ela insiste em me fazer companhia... eu estou muito complascente com ela, vou mandá-la passear esta semana. Esses feriados fazem com que ela os visite com mais frequência! Beijos

Susi disse...

Rosana, venho de uma familia de farofeiros, minha Avó (farofeira mor)todo domingo era dia de piquenique, frango assado recheado com farofa e melancia nao faltavam. Saudade!

Beti Copetti disse...

Mas que programa delicioso!!! Aqui faço os piqueniques no pátio mesmo! hehe Preciso providenciar uma toalha xadrêz!

Fala, Mãe! disse...

Que delíca deve ser ter uma tia como esa hein rs? Tb amo uma farofa! E os mini móveis estão maravilhosos, virou especialista! Lindos e originais! Boa semana pra vc querida!

Nárriman disse...

Esse Bruno danadinho...tem carinha de chef, pode apostar que aparecerá outro na família!
Que delícia de passeio! moro perto de um parque bothânico e tenho visto muitas famílias fazendo piqueniques assim por lá. Me lembram a infância também, quando saíamos com nossas catequistas...tempo bom.
bjk!

Voando como borboletas disse...

Que lindo esse cantinho, aqui tudo é mágico e a magia começa já nas palavras, amei tanto que não dá vontade nem de sair. Beijos de sol para te iluminar

analu disse...

Que delicia de passeio,nada como um piquenique para voltarmos a ser crianças. A pousada de pomerode é mundo antigo, acho que é isso.Muitas beijocas e o meu carinho analú

Fabiano Mayrink disse...

a tempos nao participo de um piquenique, lembro que quando criança minha mãe animada sempre preparava coisas gostosas quando iamos a lugares que nao tinha venda, iamos com o resto da familia pra cachoeiras, era muito bom!